EDIÇÃO - Ano IV

Vida em Tronco

Documentário - Treze Tílias - SC


Arte sacra, arte moderna, obras gigantescas e miniaturas. Ferramentas, serragem pelo chão e pela roupa. Um tronco e um desafio. Eles começam cedo, aos quatro ou cinco anos de idade. Homens, mulheres e crianças: todos artistas que  relatam suas experiências e contam os passos do trabalho, desde a preparação da madeira até o acabamento.

Ficha Técnica
Roteiro, direção e produção:
Keila Zanatto
Imagens e edição: Junior Souza
Som: Guilherme Matias
Trilha sonora: Bernardo Moser e Valter Felder

Conheça Treze Tílias: Fundação: 29 de abril de 1963 / Localização: meio oeste de Santa Catarina, a 470 km de Florianópolis / 6.341 habitantes / 185 km2 / Gentílico: treze-tiliense

Economia: Agricultura, turismo e produção artesanal de chocolates são alguns dos destaques da economia local.

História: Treze Tílias foi fundada por imigrantes da região do Tirol Austríaco, que fugiam da grave crise econômica que assolava a Europa no período entre guerras. O então ministro da Agricultura da Áustria, Andreas Thaler, trouxe o primeiro grupo de 82 famílias de imigrantes, que chegou à região em 13 de outubro de 1933.

Origem do Nome: A tília é uma árvore de grande beleza, muito comum na Áustria e que se adaptou muito bem no município. A colônia recebeu o nome de “Dreizehnlinden” (Treze Tílias), em homenagem ao poeta Wilhelm Weber, que enaltecia a árvore em suas obras.

Folclore e Cultura: As apresentações de dança, música e canto são as grandes atrações para todos que visitam Treze Tílias. Bandas, corais e números folclóricos de sapateado, com trajes originais e coreografias típicas da Áustria, se revezam nos diversos palcos da cidade. Os grupos se apresentam também em eventos no restante do Brasil e exterior. O figurino é característico: os homens de chapéu verde com penas ao lado, formam pares com mulheres de vestidos típicos. Elas também usam um colar de Edelweiss, a flor do amor, encontrada no alto das montanhas e que dura mais de cem anos. O idioma alemão é a língua ensinada na escola.

Artesanato em madeira: A tradição austríaca da escultura em madeira está presente nos ateliês que executam obras de todos os portes, conhecidas internacionalmente. Treze Tílias é considerada a Capital Catarinense dos Escultores e Esculturas em Madeira.

Culinária: A cidade tem uma grande produção artesanal de chocolates. Além disso, o cardápio dos restaurantes é da comida típica austríaca, embalada pela música alemã.

O Que Visitar: Parques, trilhas, praças, esculturas, restaurantes e turismo rural. Uma caminhada pelo bosque até a Capela Maria Dreizehnlinden é recompensada com uma vista única da cidade. Outro atrativo é a Gruta de Nossa Senhora Aparecida.

Patrimônio Histórico: O Castelinho, inaugurado em 1937 pelo fundador do município, Ministro Andreas Thaler, com finalidade de ser moradia de sua família. Sua construção em forma de castelo se deve ao fato de ser uma obra duradoura e um marco da colonização austríaca. A partir de 13 de outubro de 2002, passou a ser sede do Museu Municipal Andreas Thaler.

O AUTOR

Keila Zanatto

Treze Tílias - SC

Nasceu em 1987 Estudante de Jornalismo Auxiliar administrativo

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube