EDIÇÃO - Ano II

UMA BREVE HISTÓRIA DE FOGACHOS, QUEIJINHOS E MIRANDA

Ficção - Cordeiro - Rio de Janeiro


Ficha Técnica
Roteiro e direção:
Angelo Pessoa
Produção:
Angelo Pessoa
José Amaro Mansur
Cintia Werneck
Elenco:
Solange Folly
Jeane Carmona
Ana Maria Branco Pinheiro
Gabriel Naegele
Imagem:
Billy Nascimento
Marcelo Faria
Edição:
Marcelo Faria
Som:
Cassiano Benhur

Miranda e sua patroa, Maria Luíza, vivem uma rotina abalada pelas ondas de calor da dona da casa e pelas intervenções ingênuas e engraçadas da empregada, que tem o hábito de furtar as iguarias que Maria Luíza traz do supermercado. Até que um dia Miranda come, por engano, o que ela acreditava serem deliciosos queijinhos…

Conheça Cordeiro: Fundação: 1943 / Localização: Centro fluminense, a 130km do Rio de Janeiro / 19.764 habitantes / 116km²

A ocupação do que é hoje a cidade de Cordeiro começou por volta de 1855, com a instalação de uma fazenda. A cultura do café teve seu grande desenvolvimento na região por volta de 1880. Em 1890, o povoado já contava com 700 habitantes, possibilitando sua promoção a distrito de Cantagalo. Em 1936, Cordeiro foi elevado à categoria de subprefeitura, e, em 1943, tornou-se município. Com a diminuição da cultura cafeeira e a intensificação da pecuária, a cidade passou a ser bastante conhecida pela Exposição Regional de Gado e Produtos Derivados.

O AUTOR

Angelo Pessoa

Cordeiro - Rio de Janeiro

Nasceu em 1965 Estudante de Pedagogia Professor e escritor

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube