EDIÇÃO - Ano III

TICO FC

Ficção - Porto Amazonas - Paraná


Ficha Técnica
Roteiro e Direção:
Marcos Maranhão
Produção:
Marcos Maranhão
Vivian Ludwig
Adalto Luiz de Freitas
Elenco:
Bruno Ranzani
Elias Eduardo Rochinski
Daniel Lange
Rodrigo Jardim
Josielson José Rodrigues Paes
Imagens:
Ricardo Fabro
Edição:
Fábio de Freitas
Som:
Jorge de Paula

Inspirado na vida de Wilson Fermino Martins Morgado, o Tico, que cresceu jogando bola e pescando no Rio Iguaçu, até ser descoberto pelo Clube Atlético Renascença. De lá, foi para o Botafogo, do Rio de Janeiro, onde recebeu elogios de Garrincha e Nilton Santos. De volta a Porto Amazonas, abriu um bar no lugar do antigo armazém de seu pai. Hoje, ele cuida do “bar do Tico”, em meio a redes e tarrafas, fotos e recortes de jornais.

Conheça Porto Amazonas: Fundação: 1947 / Mesorregião Metropolitana de Curitiba, a 63km de Curitiba / 4.212 habitantes / 187km²

A área que compreende o atual município de Porto Amazonas fazia parte da Fazenda dos Papagaios, de propriedade de Manuel Gonçalves da Cruz, obtida em sesmaria, em 1708. No final do século 18 e início do século 19, Porto Amazonas era conhecido como Caiacanga, e servia de passagem das tropas vindas do Sul. No final da década de 1870, Amazonas de Araújo Marcondes organizou uma empresa de transporte fluvial, primeira a cortar as águas do Rio Iguaçu, o que contribuiu para o desenvolvimento da navegação fluvial na região. O povoado, então, foi batizado com o nome de Porto Amazonas em homenagem ao empreendedor.

O AUTOR

Marcos Maranhão

Porto Amazonas - Paraná

Nasceu em 1971 Ensino superior incompleto Autônomo e agricultor

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube