EDIÇÃO - Ano V

Sonho Novo

Ficção - Barra de Santa Rosa - Paraíba


No Curimataú paraibano, o jovem Romário sonha em ser universitário, mas a seca o obriga a procurar emprego em outro estado. O inesperado acontece quando a pequena Natinha dorme: seus sonhos mudam completamente a viagem dos dois.
“A irmã caçula de José tem um hábito muito curioso, desenha sonhos… Todos os dias pela manhã ela mostra um desenho diferente, alguns engraçados, sem nexo e outros bem elaborados. José é seu maior incentivador nessa atividade, elogia a irmã e pede pra ela nunca desistir. Olha o desenho daquele dia e vê que ela desenhou o próprio sítio onde mora, o desenho representava muita seca…”

 

Ficha Técnica

Roteiro, Direção e Produção: Sandra Buriti

Assistente de Direção: André da Costa Pinto

Assistente de Produção: Hozana Silva Souto e Antonio Erinaldo Buriti Silva

Direção de Fotografia: João Carlos Beltrão

Edição e Som Direto: Ely Marques

Assistente de Set: Kalyne Almeida

Still e Making Of: Ratão Diniz

Direção de Arte e Figurino: Sandra Buriti

Trilha Sonora Original: Composição: Sandra Monteiro e Zezito Nunes. Execução: Maria Alcidete da Silva, Lairre Alba de Araújo Lopes, José Edson Correia e Severino Ednaldo Correia

Elenco: Natally Santos Silva, Jonas Oliveira, José Marcos Silva, Maria da Paz dos Santos Lima, Maria de Fátima Medeiros Pereira e Iremar Rodrigues da Silva

 

Conheça Barra de Santa Rosa: Fundação: 08 de maio de 1959/ Localização: Agreste paraibano, na microrregião do Curimataú Ocidental, distante 200 km de João Pessoa/ 14.157 habitantes/ 775,65 km² / Gentílico: santa rosense

História: O povoado teve início por volta de 1888, quando pela primeira vez foi realizada uma feira livre ao pé de uma antiga quixabeira. O local era ponto de encontro de comerciantes e homens de negócios que vinham do sertão. Logo, muitas famílias foram fixando suas moradias no local. A emancipação política aconteceu em 1959. Barra de Santa Rosa faz limites com os municípios de Remígio, Cuité, Picuí e Damião.

Economia: A economia de Barra de Santa Rosa é baseada na agropecuária, sendo os principais produtos plantados: sisal, algodão, milho, feijão e mandioca. Na pecuária, destaca-se a criação de bovinos, caprinos e ovinos, além da avicultura e a criação de galináceos.

Clima: O município está incluído na região do semiárido brasileiro, com base em critérios como índice pluviométrico, índice de aridez e risco de seca.

Origem do nome: Barra sugere o encontro dos Rios Santa Rosa e Poleiros.

Pontos turísticos: Os principais locais de turismo da cidade são a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e Santa Rosa de Lima, a Praça Frei Martinho e o artesanato produzido no sítio Cuiuiú.

O AUTOR

Sandra Buriti

Barra de Santa Rosa - Paraíba

Nasceu em 1975. Pedagoga.
Professora.

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube