EDIÇÃO - Ano IV

Saga de Um Carvoeiro

Ficção - Ribas do Rio Pardo - MS


Baseado em fato real. Gregório, migrante mineiro, vai para Ribas do Rio Pardo em busca da realização profissional, mas acaba em carvoarias clandestinas sofrendo as mazelas desta dura realidade. Ele muda sua história ao conhecer a ONG Essência da Mulher, onde aprende uma nova profissão e se torna um artesão de renome internacional, mostrando, através da sua arte, o cotidiano dos carvoeiros.

Ficha Técnica
Roteiro e direção:
Lucia Regina Alves Pereira
Produção: Lucia Regina Alves Pereira e Soliélly Barcelos
Imagens: Marcos Pereira e Guelitty Marcel
Edição: Lucia Regina Alves Pereira, Soliélly Barcelos e Marcos Pereira
Som: Marcos Pereira e Eder Carvalho
Trilha sonora original: Denner Dias, Bruno Henrique, Jessica e Franciele, Samuel e Jose Milton
Elenco: Solielly Alves, Angelo Junior, Jean Richard Nunes, Wilson Rodrigues, Demesio, Adversina Gondim, Ivone Paim, Laiza Paim, Iara Cristina Rodrigues, Luana Tosta, Leonardo Rodrigues

Conheça Ribas do Rio Pardo: Fundação: 19 de março de 1944 / Localização: Leste de Mato Grosso do Sul, a 92 km de Campo Grande/ 20.946 habitantes / 17.308 km2 / Gentílico rio-pardense

Economia: Basicamente sustentada pelo setor de agropecuária. Por sua imensa extensão territorial, predomina a criação de gado, havendo também o extrativismo de resina, carvão, com uma indústria siderúrgica, frigorífico e diversas serrarias, além de outras pequenas indústrias e do plantio de eucaliptos.

História: As terras que atualmente compreendem o município de Ribas do Rio Pardo foram conquistadas pelos bandeirantes paulistas. Em 1835, o bandeirante Joaquim Francisco Lopes, encontra o cuiabano Eleutero Nunes que lhe relata a existência dos campos e aguadas do Rio Pardo, com excelentes perspectivas para a criação de bovinos. No ano seguinte, parte o sertanista em direção ao Rio Pardo, demarcando novas posses, dando início à povoação da região. Um dos fatores mais importantes para o progresso foi a chegada da atual Estrada de Ferro Noroeste do Brasil e a inauguração da estação local, ligando Ribas do Rio Pardo aos grandes centros urbanos.
Festas: Canta Ribas; Carnaribas; Festa Caminho dos Ipês; Show da Virada; Quermesse da Igreja Católica; Porco no Rolete; Encontro de Bandas Evangélicas; Arraiá de Ribas; Baile Carapé; Ribas Fest Rodeio; Feira Ribas Florestal; Encontro de Cowboys; Miss e Mister Estudantil; Miss Rio Pardo; Show de Talentos Escola Jopa

Turismo: O balneário Mantena, com suas águas cristalinas, e o Rio Pardo, lugar aprazível para pesca, são dois atrativos locais. Também é preciso citar o Clube Associação Atlética Área Verde, as Chácaras Particulares às Margens do Córrego Mantena, o Clube Liga Municipal Riopardense, o Espaço de Eventos Av. Nelson Lírio.

Folclore e Cultura: As modas de viola são o principal destaque da região, com diversos músicos. As pessoas também se reúnem nas rodas de tereré (bebida semelhante ao chimarrão mas servida gelada). O Dia do índio conta com apresentações culturais nas escolas. O Dia de Nossa Senhora Aparecida tem festa na Igreja Católica.

Culinária: Churrascos feitos de costelas, onde os espetos ficam em pé, enfiados no chão, e entorno dele são colocados troncos grossos de madeira.

O Que Visitar: O Balneário Municipal de Mantena é o principal atrativo da cidade, assim com os clubes.

O AUTOR

Lucia Regina Alves Pereira

Ribas do Rio Pardo - MS

Nasceu em 1965 Formada em Serviço Social Educadora Social

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube