EDIÇÃO - Ano III

O BOI DO LIXO

Ficção - Florânia - Rio Grande do Norte


Ficha Técnica
Roteiro, Direção e Produção:
Odaí José Pereira da Silva
Elenco:
Alessandro Guilherme
Neto Umbilino
Júnior Galdino
Odaí José Pereira da Silva
Paizinho
Jota Júnior
Francisco de Assis
Alexandre Carlos
Ailane Nagila
Imagens:
Carlos Tourinho
Edição:
Carlos Tourinho
Som:
Pierre
Trilha Sonora Original:
Odaí José Pereira da Silva
Júnior Galdino
Wendel Marcos

A história, baseada em fatos reais, mostra a revolta da população quando o prefeito decide matar o boi que fazia a coleta do lixo para alimentar as pessoas, que sofriam com a seca e a escassez de alimentos. O “boi do lixo” havia sido comprado para ajudar na limpeza da cidade, e cumpriu essa função durante anos, até ficar velho demais e ser enviado para o matadouro.

Conheça Florânia: Fundação: 1890 / Localização: Central Potiguar, a 181km de Natal / 8.313 habitantes / 504km²

O início do povoamento de Florânia aconteceu por volta da primeira metade do século 18 com a chegada da família de Cosme de Abreu Maciel às proximidades do Riacho Passaribu. Em 1856, houve uma epidemia do cólera-morbo. Athanásio Fernandes de Moraes, filho de Cosme de Abreu Maciel e de Dona Angélica Mamede Maciel, fez votos para edificar uma capela a São Sebastião para defender a região da doença. O lugar onde seria construída a capela recebeu o nome de Flores, já que na região era grande a quantidade da planta conhecida como rainha do prado. Em 1890, foi elevada à categoria de município e, em 1943, o nome Flores foi mudado para Florânia.

O AUTOR

Odaí José Pereira da Silva

Florânia - Rio Grande do Norte

Nasceu em 1985 Ensino médio completo Ator e diretor de teatro

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube