EDIÇÃO - Ano IV

A Rapadura é Nossa

Ficção - Correntes - PE


Baseado em fato real. A rapadura é brasileira, nordestina e do povo, disso ninguém dúvida. Mas para a surpresa dos moradores do Engenho Gravatá, uma empresa alemã se interessou pelo produto e o patenteou. O vídeo mostra a mobilização pelo reconhecimento da rapadura e pela sua valorização como produto de sustento da comunidade.

Ficha Técnica
Roteiro e direção:
Maria Filomena Camelo de Vasconcelos
Produção: Maria Filomena Camelo de Vasconcelos, Genaldo Barros e Marcela Camelo
Imagens: Guilherme Silva
Edição: Charles Martins
Som: Nicolas Romero Bucarey
Elenco: Manoel Camelo, Marciana Camelo, Rodrigo Camelo, Ana Maria Camelo, Maria de Fátima Pereira, Luís Martins, Daniel Hortêncio, Eduardo Hortêncio, Maria José Hortêncio e Oseas André da Silva

Conheça Correntes: Fundação: 1° de julho de 1909 / Localização: Agreste pernambucano, a 257 km de Recife, divisa com Alagoas / 17.419 habitantes / 328 km2 / Gentílico: correntense ou correntino

Economia: Tem como base a agropecuária, principalmente a produção leiteira, de tomates, batata-doce, feijão e milho. A indústria de laticínios é um dos destaques da cidade, com produção de queijos, manteiga e bebidas lácteas.

História: Em 1826, o fazendeiro Antônio Machado Dias fixou-se com sua família e uns cem escravos na região. Ali, construiu uma igreja dedicada a Santo Antonio, o que atraiu grande número de pessoas, que se foram agrupando em torno do templo, formando a povoação que tomou o nome de Barra de Correntes, posteriormente Correntes.

Origem do Nome: A origem do nome do município vem de um rio de três nascentes, chamado rio das Correntes.

Festas: As festividades religiosas são as de São Sebastião, São José, Missa Pe. Cícero, Festa de Santa Luzia e a festa da Padroeira, Nossa Senhora da Conceição, que ocorre durante nove noites. Ainda há a Festa do Vaqueiro e a festa de Emancipação Política.

Turismo: A Corrieta é o principal evento festivo da cidade. Dura três dias e conta com apresentações culturais de grupos locais e bandas de forró além dos blocos puxados pelos trios elétricos.

Folclore e Cultura: Há diversos grupos de dança, de cangaceiros, quadrilhas, reisado, pastoril e maracatu.

O Que Visitar: As igrejas de Nossa Senhora da Conceição, São Sebastião e São José.

O AUTOR

Maria Filomena Camelo de Vasconcelos

Correntes - PE

Nasceu em 1948 Formada em História Professora

Voltar
 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube