EDIÇÃO - Ano VI

Guarujá do Sul (SC) recebe telona de cinema do Revelando os Brasis

Tito cresce com os avós, no interior de Santa Catarina. Da imaginação de criança, ficam as memórias das vivências e histórias contadas pelo avô. Este enredo sobre amor familiar e superação é apresentado no filme “Tropel”, de Cesar Luis Theis, que será lançado no Circuito Nacional de Exibição Revelando os Brasis VI. A sessão de cinema acontece quarta-feira (03/10), na Praça Municipal Padre Schneider, em Guarujá do Sul, às 19 horas.

Iniciada em 22 de agosto, a caravana de cinema seguirá até 11 de outubro por ruas e praças de doze estados para exibir em sessões abertas e gratuitas as ficções e documentários feitos por moradores de pequenas cidades com até 20 mil habitantes. Os 15 filmes de curta-metragem foram produzidos pelo projeto a partir de histórias reais ou inventadas contadas e dirigidas por moradores das próprias comunidades. O Revelando os Brasis Ano VI tem patrocínio da Petrobras e realização do Instituto Marlin Azul.

A estrada – Adaptado para se transformar em cabine de projeção, o caminhão-cinema é equipado com uma tela de seis metros de altura, projetores, sistema de sonorização e 200 cadeiras para acomodar os espectadores. Ao longo de 51 dias, a caravana irá visitar as seguintes cidades: Vargem Alta e Laranja da Terra (ES), Urucuia e Barroso (MG), Lençóis e São José do Jacuípe (BA), Quebrangulo (AL), São Domingos do Cariri (PB), Icapuí (CE), Bom Jesus do Tocantins (PA), Arraias (TO), Nossa Senhora do Livramento (MT), Guarujá do Sul (SC), Antônio Prado (RS) e Águas de Lindóia (SP). Também recebem a mostra os municípios de Linhares (Vila de Regência) e São Mateus, no Espírito Santo.

Oito documentários, seis ficções e um filme que mistura os dois gêneros compõem a sexta edição do Revelando os Brasis. Além da obra produzida na cidade, cada sessão inclui a exibição de uma seleção de filmes feitos em outros municípios, totalizando uma programação de uma hora e meia de duração. Com direção, roteiro e produção dos moradores selecionados, a mostra traz um conjunto de histórias sobre memórias, lendas, personagens populares e tradições das pequenas cidades, destacando temas que registram a diversidade cultural brasileira e valorizam novas expressões e novos olhares sobre o Brasil.

A história – Tito é um menino que mora com os avós, em uma região rural do interior catarinense. A partir das histórias contadas pelo avô e da imaginação de criança, vai descobrindo o mundo para além das palavras. O diretor conta que o roteiro foi inspirado na infância e na relação que ele tinha com seu avô. “Tem uma grande parte de autobiografia, mas o personagem em si foi criado para contar melhor a história. Seria muito difícil contar sem um distanciamento. Então, ao criar um personagem, com características diferentes, a história se obrigou a ser contada de outra maneira”, relata Cesar.

O diretor – Cesar Luis Theis é professor de História da rede estadual catarinense. Formado pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), tem licenciatura em Informática e pós-graduação em Educação, Pobreza e Desigualdade Social pela Universidade Federal de Santa Catarina.

 

SERVIÇO

 

Revelando os Brasis Ano VI

Circuito Nacional de Exibição

Lançamento do filme Tropel

Data: 03 de outubro (quarta-feira)

Local: Praça Municipal Padre Schneider – Guarujá do Sul (SC)

Horário: 19 horas

 

Tropel

Direção, roteiro e produção: Cesar Luis Theis

Guarujá do Sul – Santa Catarina

Nasceu em 1983. Ensino Superior. Professor de História.

Ficção: Tito é um menino que vive com seus avós no interior de Santa Catarina. Enquanto brinca e cresce, vai descobrindo nas histórias do avô mais do que palavras.

 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube