EDIÇÃO - Ano VI

Fotografia pomerana é mostrada em filme no Revelando os Brasis

Laranja da Terra, no norte capixaba, recebe as gravações, de amanhã (dia 19) a quinta-feira (dia 21), do filme “O que Resta da Imagem”. Dirigido por Rafael Wolfgramm, morador do município, a obra integra a sexta edição do Revelando os Brasis.

 

Franz Seibel nasceu em 1910 onde hoje é o município de Laranja da Terra. Com pouco mais de 20 anos começou a se interessar pela fotografia e, a partir daí, ao longo de toda sua vida, constituiu um acervo fotográfico único, que narra a história e as tradições da população pomerana e seus descendentes. A relação entre as fotografias feitas por Franz Seibel e a preservação da  memória tanto da cultura pomerana, quanto das pessoas que vivem em Laranja da Terra será mostrada em filme no Revelando os Brasis. Com direção de Rafael Wolfgramm, morador da cidade, a obra será gravada de terça (19) a quinta-feira (dia 21). “Estou esperando desses dias de gravações uma verdadeira aula de história por parte dos depoentes. Ouvir o que eles têm para contar em relação às fotos do Franz e sentir a emoção que eles terão ao fazer isso será enriquecedor. Estaremos, com esse documentário, basicamente fazendo o que Franz fazia ao fotografar, só que agora usaremos as próprias fotos dele para contar as histórias dessas pessoas”, acredita Rafael.

O trabalho de preparação para as gravações envolveu a busca de fotografias feitas por Franz Siebel, assim como registros em que próprio fotógrafo aparecesse. Rafael contou ainda com a ajuda de uma turma de jovens de Laranja da Terra que localizaram objetos que serão utilizados em cena. “A mobilização aconteceu principalmente com os depoentes e seus familiares, na procura de fotos antigas e relembrando as histórias delas”, conta o diretor.

Rafael Wolfgramm conta que a expectativa é grande agora que as gravações se aproximam: “E agora, que a equipe está chegando, começa o frio na barriga, e vai dando aquela mesma coragem dos dias de oficina no Rio, em que a vontade de contar a história e o orgulho em ser a possibilidade disso são os fatores que mais impulsionam”.

Entre 14 e 27 de agosto, Rafael e mais 14 moradores de cidades brasileiras com até 20 mil habitantes selecionados pelo projeto participaram da Oficina de Formação Audiovisual do Revelando os Brasis, no Rio de Janeiro. Com aulas de roteiro, direção, fotografia, som, produção, entre outras, os participantes voltaram para suas cidades com os roteiros prontos e a tarefa de mobilizar a comunidade local para participar das gravações. O Espírito Santo tem duas histórias selecionadas nesta sexta edição do Revelando os Brasis: além de Rafael Wolfgramm, Sheila Altoé, de Vargem Alta, gravou o filme “A Viagem do Seu Arlindo”.

Confira fotos de Rafael Wolfgramm durante o Curso de Formação Audiovisual no Rio de Janeiro:

Fotos: Ratão Diniz/Instituto Marlin Azul

Galeria de Imagens

 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube