EDIÇÃO - Ano VI

Chica arrasa na bela Lençóis, na Bahia

Com 161 anos de fundação, a bela e histórica Lençóis, na encosta oriental da Serra do Sincorá, no interior baiano, ganhou uma noite reluzente neste domingo (02/09) com o lançamento do filme Chica, da diretora Andrea Guanais, marcando a sétima sessão do Circuito Nacional de Exibição do Revelando os Brasis VI.

Conhecida pelas riquezas naturais formadas por cachoeiras, ribeirões, parques, sítios arqueológicos, incluindo um conjunto arquitetônico e paisagístico tombado, em 1973, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a cidade brilhou de um jeito especial ao reunir mais de mil espectadores na Praça das Nagôs. A programação contou com uma performance da dançarina Iana Schramm inspirada na trilha sonora da ficção e com a apresentação da Lira Popular de Lençóis.

Sentado nas cadeiras diante da tela ou espalhado ao redor da praça, em bares, nas calçadas ou nas janelas das casas, o público se juntou para ver a história de luta e de sorte de uma mulher, negra e garimpeira cujo sonho de encontrar a pedra brilhante recorda o passado de aventuras e desventuras da cidade. Ao longo de décadas, o município teve a extração de diamantes como base da economia local até a atividade ser proibida pelos órgãos ambientais.

Chica também é uma homenagem à força e ousadia da mulher lençoense. “Lençóis é uma cidade de mulheres muito fortes. É uma característica do lugar. São mulheres batalhadoras que lutam por seus espaços. O filme teve uma aceitação muito grande por todos e, principalmente, pelas mulheres porque elas já se identificam com a personagem”, avalia Andrea.

Ao lado de uma seleção de filmes inéditos desta edição, a mostra também contou com a exibição da ficção “Jardim de Plástico”, dirigida pelo professor Delmar Araújo, também morador do município, selecionado na terceira edição do Revelando os Brasis. O reencontro da cidade com o filme que também retrata aspectos do universo do garimpo foi outro momento especial da noite.

A equipe do projeto vibrou com a trajetória percorrida pelo audiovisual na região desde a terceira edição há dez anos. Hoje, a cidade cosmopolita e multicultural é marcada por um pulsante movimento do audiovisual e das artes dramáticas com iniciativas de produção audiovisual nas escolas e com espaços de exibição e debate como cineclubes.

Para Andrea Guanais, a estreia superou as expectativas. “Eu tive bastante receptividade por parte das pessoas da cidade. Fiquei muito feliz e todos os atores ficaram muito felizes também com o resultado e o impacto do filme. Muita gente veio me felicitar. Foi um evento maravilhoso, estava lotado! Muitas pessoas interessadas querendo saber da história”, comemora a diretora de Chica.

Muito obrigada, Lençóis! A caravana de cinema segue em território baiano, agora em direção a São José do Jacuípe.

Fotos: Ratão Diniz

 

 

 

 
  1. facebook
  2. instagram
  3. youtube