EDIÇÕES ANTERIORES - Ano V

Realizadores do sudeste, sul, nordeste e norte encerram gravações no Futura

Uma mistura de sotaques, jeitos e talentos vindos de várias partes do país se repetiu no último dia de gravação do Programa Revelando os Brasis V no Canal Futura, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (23/06). A equipe da emissora ouviu depoimentos dos diretores Fabiano Silva (Uruburetama – Ceará); Ana Paula Rocha (Palmeiras – Bahia); Alcinéia Marcucci (Corumbataí – São Paulo); Victorhugo Passabom (Vargem Alta – Espírito Santo); Joelma Ferreira (Candeias do Jamari – Rondônia) e Luzia Cassiano (Douradina – Paraná).

As filmagens começaram no dia 20, reunindo a cada dia um grupo de diretores selecionados pela quinta edição, totalizando 20 realizadores ao final da semana. Cada episódio será composto por uma entrevista com o realizador e pela exibição do filme deste diretor. Ao todo foram gravados 20 programas. A previsão de estreia do programa é setembro.

Com direção de Márcio Motokane e a apresentação de Lisia Palombini, o Programa Revelando os Brasis tem por objetivos valorizar o brasileiro e histórias que compõem a diversidade cultural do país, veicular para todo o território nacional uma produção audiovisual inteiramente produzida por moradores de pequenas cidades brasileiras e apresentar o universo cultural, os anseios e as percepções destas comunidades sobre suas realidades.

Após dar a entrevista para o Canal, a diretora de Afogados, Ana Paula Rocha, avaliou as conquistas acumuladas através do projeto. “A experiência toda tem sido fantástica porque nós tivemos aulas de audiovisual, depois gravamos os documentários e ficções, e agora participamos da entrevista que é a cereja do bolo, a culminância do projeto, a última fase, quando a gente vai poder dar um retorno ainda maior para nossos municípios e para o Brasil todo. Quero agradecer muito e dizer que está tudo sendo maravilhoso”, destaca a estudante baiana que abordou o tema alcoolismo dentro de sua comunidade no curta-metragem.

“O Revelando os Brasis modificou completamente meu modo de ver cinema e televisão, pois me proporcionou vivências técnicas inimagináveis. Agora, sinto-me outra pessoa quando me sento em frente à TV e assisto a uma produção audiovisual qualquer, percebo que tenho até mais facilidade de analisar o enredo. Meu modo de ver a vida e conviver em grupo também melhorou. Isso devido aos quinze dias que estive nas oficinas de formação no Rio de Janeiro”, conta Fabiano, em seu relato sobre a participação na quinta edição. O professor dirigiu o documentário “Dona Ginu” sobra a ilustre contadora de histórias fantásticas do município.

Para o jornalista capixaba, Victorhugo Passabon, além das diferentes contribuições pessoais e sociais proporcionadas pelo projeto, o Revelando os Brasis transformou a sua relação com os moradores de Castelinho, na pequena Vargem Alta, no Espírito Santo. “Eu passei a conhecer mais as histórias dos moradores da comunidade. E, além disso, fiz novas amizades com pessoas da própria região que atuaram no curta e que antes eu não conhecia. Sinto mais vontade de fazer outros filmes lá na região”, destaca Victorhugo, diretor da ficção ” Vinillis Frutíferis”.

O Projeto Revelando os Brasis tem realização do Instituto Marlin Azul e conta com o patrocínio da Petrobras. O Programa de TV Revelando os Brasis é uma parceria entre o Instituto Marlin Azul e o Canal Futura.

Fotos: Ratão Diniz

 

 
  1. facebook
  2. instagram
  3. vimeo
  4. youtube